Italia, Roma, Veneza, Vaticano, O que fazer, Florença, Toscana

 


Conheça os museus permanentemente gratuitos em Florença


Veja quais são os museus gratuitos em Florença, na Itália, e deixe sua passagem pela cidade um pouco mais econômica, mas, ao mesmo tempo, cultural. Nem sempre os gastos saem como o planejado quando o assunto é viagem internacional, por isso é sempre bom saber que é possível se divertir e conhecer mais sobre a cultura local sem gastar nada. Acompanhe a matéria e confira alguns museus de Florença que não cobram entrada.

Villa dos Medices em Florença

E, se você estiver planejando viajar para lá não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito na Itália. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Itália vai sair mais barata do que imagina e você poderá aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre os museus gratuitos em Florença.

Casa Martelli

Localizado bem próximo ao Duomo de Florença, este museu funciona onde viveu a importante família Martelli e tem grande relevância histórica. Durante seu passeio você poderá apreciar a decoração do local e conhecer uma típica casa burguesa fiorentina, com afrescos, móveis da época e até mesmo obras de arte, como quadros de Piero Cosimo e Luca Giordano.

Endereço: Via Ferdinando Zannetti, 8, Florença, Itália.
Horário: Sábados e domingos das 9h às 14h, segundas-feiras das 15h às 16h e quintas-feiras das 14h às 19h.

Interior da Casa Martelli em Florença

Villa dos Médici

A Villa dos Medices pertenceu à família Médici, que foi uma das mais poderosas da Europa e conservou o poder quase que contínuo em Florença desde 1434 até 1743. O local é composto por duas vilas: a Villa La Petraia e a Villa di Castello. Ambas têm entrada gratuita. Por lá é possível visitar alguns cômodos e apreciar belíssimos jardins. Passear pelo local é como fazer uma verdadeira viagem no tempo.

Endereço: Via Petraia, 40 e Via di Castello, 46, Florença, Itália.
Horário: De segunda-feira a domingo das 8h30 às 15h30 (o horário de fechamento pode variar conforme os meses do ano).

Interior da Villa di Petraia

Museo Casa Rodolfo Siviero

Rodolfo Siviero foi ministro nos anos 50, mas ele ficou conhecido por trazer para a Itália muitas obras de arte roubadas ilegalmente durante a Segunda Guerra Mundial. Depois de sua morte, sua casa junto com muitas obras foram doadas ao estado da Toscana, que abriu as instalações do piso térreo como museu-casa. Por lá você poderá ver cerâmicas, estátuas, relicários, mobiliário antigo e muito mais.

Endereço: Lungarno Serristori, 1-5, Florença, Itália.
Horário: Sábados das 10h às 18h, domingos e segundas-feiras das 10h às 13h.

Museo Casa Rodolfo Siviero

O Seguro Viagem é obrigatório para a Itália e Europa

Uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir à qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem a Florença

Agora que você já viu tudo sobre os museus gratuitos em Florença, uma dica legal e que faz a diferença na viagem a Florença é escolher bem a localização do seu hotel e se hospedar perto das atrações turísticas. A cidade é grande até e ficando bem localizado você vai aproveitar muito mais e gastar muito menos tempo e dinheiro se deslocando até os lugares. Se quiser, veja nossa matéria de onde ficar em Florença, que lá tem as dicas das melhores regiões para se hospedar e também de como conseguir um ótimo hotel por um preço excelente (e achar hotéis excelentes em promoção nessas regiões que são super disputadas). Vale a pena caprichar na reserva do hotel em Florença.

Viagem de carro pela Toscana e Itália

E outra dica importante é que alguns pontos turísticos, cidades legais e vinícolas são um pouco afastados, e uma ótima opção para aproveitar melhor sua viagem pela Itália é alugar um carro. Partindo de Florença, você chega em quase todas as cidades da Toscana em uma ou duas horas, como Siena, Lucca, Pisa e Montalcino. Por isso muitas pessoas ficam hospedadas lá e alugam um carro para conhecer as cidades da toscana. As estradas são lindas, você conhece várias cidades do interior e vilarejos, e pode fazer roteiros incríveis de carro como Roma, Milão, Florença, Pisa, Veneza, conhecer as belas praias da Costa Amalfitana, Siena, Lucca e explorar bem a Toscana. A Itália é um país em que alugar um carro é essencial. Se quiser, veja nossa matéria de como alugar um carro na Itália com dicas de como alugar um excelente carro por um preço incrível com super comparadores de preços, os roteiros mais famosos e tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Use seu celular à vontade em Florença e na Europa

Poder usar seu celular em Florença, na Itália, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à Itália nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro em Roma, Florença, Veneza, Milão, Toscana e qualquer lugar da Itália. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre os museus gratuitos em Florença quando estiver lá.

Celular para Itália e Florença

Dicas dos ingressos das atrações de Florença e da Itália

Outra dica importante para economizar dinheiro e tempo é com os passeios. Para conhecer a maioria dos pontos turísticos e museus de Florença é preciso comprar os ingressos de cada lugar. A dica é comprar todos os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos e as atrações garantidas. Se quiser, veja aqui na matéria de ingressos para Florença e Itália todas as dicas, os mais vendidos e onde comprar todos os ingressos pelo melhor preço. Para todas as principais atrações de Florença como o Palatino e Arte Moderna, Galeria Uffizi, Galeria Accademia, Jardins de Boboli, Capela de Medici e para a Galeria de Arte Moderna, você precisará comprar os ingressos para entrar.

Veja outras matérias imperdíveis de Florença e da Itália:

O que fazer em FlorençaPrincipais atrações, passeios e lugares da cidade.
Guia da Toscana: Tudo o que você precisa saber sobre a Toscana.
Dicas para viajar de trem pela Itália: Dicas, melhores empresas e passagens baratas.

Postar um comentário

 
Top