Italia, Roma, Veneza, Vaticano, O que fazer, Florença, Toscana

 


Confira um roteiro de 5 dias em Veneza


Veja um roteiro de 5 dias em Veneza e conheça os principais pontos turísticos de uma das cidades mais românticas, encantadoras e elegantes de toda Itália. A nossa dica para que você aproveite suas 120 horas da melhor maneira possível é que você monte uma programação detalhada com antecedência, pois Veneza é uma cidade cheia de pontos turísticos e, se você não tiver um bom roteiro, pode acabar sendo perdendo no meio de tantas opções de passeio. Acompanhe a matéria e saiba tudo o que você pode fazer durante o tempo que ficará por lá.

Gôndola em canal de Veneza na Itália

E, se você estiver planejando viajar para lá não deixe de conferir também as dicas imperdíveis de como economizar muito na Itália. São dicas muito boas, que valem a pena, e vão fazer você economizar muito em todo o planejamento da viagem e quando estiver lá. Sua viagem à Itália vai sair mais barata do que imagina e você poderá aproveitar ainda mais sua viagem. Agora veja tudo sobre o roteiro de 5 dias em Veneza.

Primeiro dia em Veneza

Comece sua viagem por Veneza fazendo um passeio de gôndola, a atividade mais tradicional da cidade. Você passeará em um barco bem confortável e ainda verá os principais pontos turísticos de Veneza. O passeio de gôndola dura de 30 a 45 minutos, dependendo do tour que você escolher fazer. O mais comum é o de 30 minutos, que custa em média 80 euros. É importante lembrar que cabem até 6 pessoas em uma gôndola, então, caso fazer um passeio romântico de casal não seja sua prioridade, dividir uma gôndola com outras pessoas pode ser uma boa maneira de economizar.

Pessoas fazendo passeio de gôndola em canal de Veneza

Depois disso, vá conhecer a Piazza San Marcos e seus arredores, lá se localiza a maioria dos pontos turísticos da cidade, como a Basílica de São Marcos, o Campanile (campanário da basílica), o Palácio Ducal e a Torre do Relógio. A Basílica de São Marcos é o templo religioso mais importante da cidade e tem entrada gratuita, mas algumas partes em seu interior exigem a compra de entrada, como o Museu, o Tesouro e a Pá de Ouro. Seu campanário, o Campanile de São Marcos, é o edifício mais alto de Veneza. A subida de 98,5 metros até o topo é feita exclusivamente de elevador e do alto você terá uma vista magnífica da cidade.
Piazza San Marco em Veneza na Itália

Durante seu passeio pela Piazza San Marco, não deixe também de conhecer o Palácio Ducal. Considerado um dos edifícios mais importantes da cidade, ele já foi sede do doge de Veneza e da magistratura veneziana. Nele você terá a oportunidade de entrar em várias salas importantes, como a Sala del Maggior Consiglio, Sala de Torturas, Sala delle Quattro Porte, Sala dello Scudo e outras. O bacana é que todas elas contam com obras de arte belíssimas feitas por importantes artistas da Europa e do mundo inteiro. Não deixe de conferir os afrescos que se espalham nos tetos de cada uma das salas do palácio, pois eles são magníficos e reservam histórias incríveis também. 

Interior do Palácio Ducal em Veneza

Além das salas que se estendem por todo o Palácio Ducal, há também a Ponte dos Suspiros, que, na antiguidade, fazia travessia para o palácio e servia como local para o último suspiro dos prisioneiros antes de serem levados para os calabouços. Atualmente, muitas pessoas aproveitam a ponte para tirar algumas fotos e observar os canais que a cortam. 

Ponte dos Suspiros em Veneza na Itália

Segundo dia de viagem em Veneza

Sugerimos que você inicie seu dia bem cedo indo até a Ponte di Rialto. A cidade italiana tem muitos canais de rios, mas é a Ponte di Rialto que atravessa o famoso Grande Canal. Este centro comercial e de entretenimento de Veneza é um dos pontos turísticos mais frequentados pelos moradores e visitantes da cidade, principalmente por apresentar várias lojinhas e barracas que são verdadeiras tentações. A arquitetura da ponte é encantadora e, mesmo sendo uma das mais antigas da Itália não deixa passar despercebida por ninguém que vai até lá. 

Comércio na Ponte di Rialto em Veneza na Itália

Aproveite para fazer uma boa refeição em algum dos agradáveis restaurantes da região. Em seguida, não deixe de ir até o Teatro La Fenice, um monumento que já passou por uma série de restaurações, mas manteve seu esplendor original. A dica é que você confira com antecedência a programação de apresentações do teatro e veja se algumas delas se encaixam no roteiro.  Se não for possível assistir a nenhum espetáculo, não se preocupe, pois dá para fazer apenas um passeio guiado pelo teatro, que acontece durante o dia e inclui entrada nos bastidores e no gabinete real. Além disso, não deixe de apreciar os luxuosos detalhes da decoração do local. 

Detalhes do interior do Teatro de La Fenice em Veneza

Para finalizar o dia, vá até o bairro Dorsoduro, considerado bastante boêmio e jovem. Lá você poderá se divertir no Campo di Santa Margherita, uma praça bem movimentada durante a noite e cercada de excelentes bares. Esse é o local ideal para relaxar e beber um drink depois de um dia cansativo ou até mesmo para fazer novas amizades.

Campo di Santa Margherita em Veneza na Itália

Terceiro dia de viagem em Veneza

Para o seu terceiro dia, sugerimos que você faça um tour por três ilhas que ficam próximas de Veneza: Murano, Burano e Torcello. Muitas empresas fazem esse tipo de excursão, que tem como partida a cidade de Veneza e custa cerca de 20 euros para adultos e 10 euros para crianças. Basta ir até o canal próximo da Piazza San Marco e escolher a empresa que oferecer o tour que melhor se encaixar nos seus planos. 

Mapa das ilhas próximas de Veneza

Sua primeira parada provavelmente será na ilha de Burano, que tem cerca de 4.000 mil habitantes e é conhecida pela produção de renda e por suas construções bem coloridas. Existe a lenda de que as casas eram pintadas de maneira tão chamativa para que os marinheiros pudessem chegar até elas nos dias de neblina. Além das construções pintadas com cores chamativas, lá você também poderá ver a igreja de San Martino, que conta com um campanário bem inclinado, como acontece com a Torre de Pisa.

Casas coloridas na ilha de Burano

Em seguida, você irá para a ilha de Murano, o trajeto entre as duas ilhas dura cerca de 30 minutos. Essa ilha é famosa muito famosa pela produção de vidro, sendo assim, nada mais justo do que apreciar melhor os objetos e artigos feitos com o material. Por lá você encontrará várias fábricas e museus, portanto aproveite para dar uma paradinha nestes lugares e conheça mais profundamente a cidade. Se você tiver tempo, não deixe de ir à igreja de Santa Maria e San Donato, pois além dela manter uma beleza arquitetônica surpreendente, ela conta com vários afrescos e obras bastante especiais também.

Pessoas passeando na Ilha de Murano em Veneza

Seu tour chegará ao fim na ilha de Torcello. Lá você conhecerá a Catedral de Santa Maria Assunta, que, além de muito charmosa, conta com uma beleza arquitetônica de tirar o fôlego. Bem próxima a ela está a Igreja di Santa Fosca, que merece um pouco de sua atenção. Além disso, não deixe ver o trono de Átila, que, segundo a crença popular, pertenceu ao rei dos hunos; a Ponte del Diavolo e o Museu Arqueológico. 

Igreja di Santa Fosca na Ilha de Torcello em Veneza

Quarto dia de viagem em Veneza

Reserve esse dia para ir conhecer um importante templo religioso da cidade. Comece sua programação indo até a doca de São Zacarias, localizada perto da Piazza San Marco, e pegue a linha 2 do vaporetto (ônibus aquático) até a ilha em que fica localizada a Igreja San Giorgio Maggiore. Concluída em 1610, ela é um ótimo exemplo de arquitetura renascentista, com fachada de mármore e colunas simétricas altas. Admire as pinturas que adornam as paredes da igreja e de suas capelas, entre as mais conhecidas estão A Adoração dos Pastores, de Jacopo Bassano, e A Última Ceia, de Tintoretto. Antes de ir embora, conheça também o pequeno porto que há na lateral da igreja.

Ilha San Giorgio Maggiore em Veneza

Para finalizar seu dia, vá até uma área da cidade chamada Sant'Elena. Localizado no sestiere Castello, o local fica um pouco longe do centro movimentado da cidade e por isso é considerado um pequeno oásis veneziano. Ideal para passear e para apreciar o pôr-do-sol no final da tarde, muitos moradores vão até lá para caminhar, andar de bicicleta ou praticar outros esportes.

Parque Rimembranze em San't Elena

Quinto dia em Veneza

Para o seu quarto e último dia na capital dos casais apaixonados, sugerimos um dia de compras em Veneza. Assim como muitas outras cidades italianas, Veneza conta com um forte poder comercial, portanto ao longo de sua visita não será muito difícil encontrar várias boutiques, galerias e ruas com muitas lojinhas. Dentre os principais pontos comerciais da cidade estão as ruas: delle Ostreghe, Calle Larga XXII Marzo, di Fabri e da Frezzeria. Nestas ruas será possível encontrar roupas, calçados, bolsas, acessórios, joias e muitos outros produtos de ótima qualidade. As regiões com lojas também são conhecidas por seus ótimos restaurantes, então não deixe de fazer uma pausa em alguns deles para fazer uma deliciosa refeição. 
Loja da marca Burberry na Calle Larga XXII Marzo

Ingressos de atrações e passeios da Itália mais baratos


Uma dica para economizar com a compra dos passeios e ingressos da Itália é comprar os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos. Um site legal que nós sempre utilizamos é esse Site de Ingressos da Europa que vende ingressos para os principais pontos turísticos e passeios de Roma, Florença, Veneza, Milão e de toda a Europa. Eles são um dos maiores vendedores de ingressos de passeios e pontos turísticos de todas as cidades do mundo, o site está em português e o bom é que você compra todos os seus ingressos da viagem em um único lugar, ao invés de ficar comprando no site de cada atração. É muito mais prático, você tem um atendimento excelente para resolver qualquer problema ou dúvida que tiver e os preços são ótimos e muitas vezes mais barato do que no próprio site da atração. 

Ingressos de atrações e passeios de Roma


Facilitou bastante nossas viagens e ajudou a economizar um bom tempo comprando, nas filas e a economizar dinheiro. Se prepare, pois as opções de passeios são enormes e dá vontade de fazer todos. Depois de comprar, você recebe por e-mail o voucher e todas as informações, tudo bem detalhado. Os passeios de Roma que mais indicamos e são imperdíveis são o Coliseu de Roma, Fórum Romano e Palatino (o ingresso do Coliseu já dá direito a entrar nos outros dois), a Basílica de São Pedro que é o Vaticano, o Museu do Vaticano, o ônibus turístico Hop on Hop que é ótimo para conhecer a cidade e ficar se deslocando por lá, e o Castelo de Santo Ângelo, que são os principais pontos turísticos da cidade e você pegaria filas enormes se deixasse para comprar lá na hora, mas tem vários outros passeios e atrações legais para cada tipo de gosto.

O Seguro Viagem é obrigatório para a Itália e Europa

Uma dica importantíssima que reforçamos para todos que estão planejando ir à qualquer país da Europa é que não se esqueça que fazer um Seguro Viagem Internacional é obrigatório para viajar para lá. Veja nossa matéria de Seguro Viagem para Europa com tudo o que você precisa saber sobre o assunto, quais são os melhores seguros e dicas para fazer um excelente seguro por um preço incrível economizando muito.

Dicas para aproveitar melhor sua viagem à Itália

Agora que você já viu tudo sobre o roteiro de 5 dias em Veneza, uma dica importante é que alguns pontos turísticos, cidades legais e vinícolas são um pouco afastados, e uma ótima opção para aproveitar melhor sua viagem pela Itália é alugar um carro. Muitos brasileiros estão optando por alugar um carro na Itália para poder conhecer melhor todas as cidades, principalmente as da Toscana. As estradas são lindas, você conhece várias cidades do interior e vilarejos, e pode fazer roteiros incríveis de carro como Roma, Milão, Florença, Pisa, Veneza, conhecer as belas praias da Costa Amalfitana, Siena, Lucca e explorar bem a Toscana. A Itália é um país em que alugar um carro é essencial. Se quiser, veja nossa matéria de como alugar um carro na Itália com dicas de como alugar um excelente carro por um preço incrível com super comparadores de preços, os roteiros mais famosos e tudo o que você precisa saber sobre o assunto.


Viagem de carro pela Toscana e Itália

Use seu celular à vontade na Itália e na Europa

Poder usar seu celular na Itália, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo é ótimo, pois ele acaba sendo muito útil. Você pode usar os aplicativos dos pontos turísticos e das cidades, os aplicativos de cupons de desconto, se for alugar um carro você economiza uns 100 euros por não precisar alugar um GPS pois poderá usar o do celular, pode pesquisar os endereços e horários dos lugares, ver a previsão do tempo para se planejar para os passeios e lógico ficar conectado com todo mundo através de aplicativos e postar suas fotos da viagem à Itália nas redes sociais. Se quiser, veja nossas dicas de como usar o celular à vontade na Europa. É super barato e você vai poder usar seu celular o dia inteiro em Roma, Florença, Veneza, Milão, Toscana e qualquer lugar da Itália. E usando a internet do seu celular você poderá pesquisar tudo sobre o roteiro de 5 dias em Veneza quando estiver lá.

Celular para Itália e Europa

Veja outras matérias legais da Itália:

O que fazer em RomaPrincipais atrações, passeios e lugares da cidade.
Guia da Toscana: Tudo o que você precisa saber sobre a Toscana.
Como levar dinheiro para Itália: Melhores formas de levar e comprar seus euros.
Dicas para viajar de trem pela Itália: Dicas, melhores empresas e passagens baratas.

Postar um comentário

 
Top