Italia, Roma, Veneza, Vaticano, O que fazer, Florença, Toscana

 


Saiba quais pontos turísticos famosos e gratuitos em Roma  




Está planejando fazer a viagem dos sonhos para a Itália, mas não gostaria de gastar uma fortuna com ingressos? Não se preocupe, a cidade eterna conta com atrações super famosas que você não precisa pagar nada para conhecê-las. Sem falar que Roma é um museu a céu aberto com suas ruelas, monumentos e construções milenares, a cidade é um convite para voltar ao passado. Além das igrejas, uma mais linda que a outra, Roma conta com pontos turísticos com entrada gratuitamente todos os dias da semana e que você vai amar conhecer - ao contrário de atrações como os principais museus e monumentos como o Coliseu que só possui entrada gratuita no primeiro domingo de cada mês. Para quem não quer gastar muito, saiba quais são as 5 atrações imperdíveis em Roma que você não precisa para nada para visitar.


5 pontos turísticos gratuitos em Roma - praça são pedro no vaticano


Piazza Navona em Roma

A primeira dica fica por conta da bela Praça Navona, um dos pontos turísticos mais visitados de Roma. É na Piazza Navona que está localizada a Embaixada Brasileira na Itália instalada no antigo e belo Palazzo Pamphilj. Tem, também, a linda Fontana dei Quattro Fiumi (Fonte dos Quatro Rios) que foi esculpida por Gian Lorenzo Bernini entre 1648 e 1651 e representam os quatro rios mais importantes do mundo naquela época: Nilo (África), Rio da Prata (América), Danúbio (Europa) e Ganges (Ásia). A praça recebe milhões de turistas todos os anos que se encantam com a beleza do lugar. 


5 pontos turísticos gratuitos em Roma - piazza navona

Há outros interessantes pontos para se visitar no interior da Navona como as fontes nas áreas sul e norte da praça; a Fontana del Moro construída em 1576; a Fontana di Nettuno de 1574 (ambas esculpidas por Giacomo della Porta); a Igreja Sant'Agnese e o Palácio Torres Massimo Lancellotti. A praça foi construída sobre as ruínas de um antigo estádio romano onde ocorriam luta de gladiadores e animais no século I, o Estádio de Domiciano, um dos lugares mais famosos da época. Ainda pode-se ver vestígios da antiga construção na Praça Navona. Entre os ilustres que residiram na praça estão a família Médici e o Papa Leão X. Visitar a Piazza Navona é obrigatório para qualquer turista que vai a capital italiana e não é preciso pagar nada para conhecê-la e você ainda pode curtir alguns artistas locais tocando música ao vivo.

Villa Borguese em Roma

Outro ponto mega turístico em Roma e que a entrada é totalmente gratuita todos os dias da semana é a Villa Borguese - criada em 1605 para o Cardeal Scipione Borghese proveniente de uma das famílias mais nobres da Europa, a família Borghese renomada por ter membros que foram Papas e Cardeais no Vaticano. Hoje, o local é um grande parque, cheio de árvores, verde, jardins, fontes e lagos - considerado o segundo maior parque urbano de Roma com 80 hectares. Localizado bem pertinho da Via Veneto e da Piazza Spagna na colina Pinciana - uma das sete colinas romanas. Então, se você quer conhecer um dos lugares mais queridos dos romanos e dos turistas que visitam a capital da Itália e relaxar em um espaço lindo, a Villa Borguese é uma excelente opção. Não esqueça sua câmera fotográfica quando for passear na Villa Borguese, pois os jardins são super bonitos e valerão belas recordações. No centro do parque, está instalado um lago artificial, o Giardino del Lago. Lá encontra-se, também, o Bioparco, um pequeno zoológico e o Museo Carlo Bilotti um museu bem bacana de conhecer com arte moderna. E não esqueça de dar uma passada na Piazza di Siena.

5 pontos turísticos gratuitos em Roma - villa borghese

Panteão em Roma

Um dos lugares da Roma Antiga mais bem preservados no mundo é o Panteão, construído como um templo dedicado a todos os deuses romanos. O Panteão é um dos pontos turísticos mais incríveis de se conhecer na capital italiana e, claro, gratuitamente. Para se ter noção da importância desta atração, ele é o único edifício construído na época greco-romana que ainda está em perfeito estado de conservação. Localizado bem próximo a Piazza Navona, o Panteão foi arquitetado na época de Marcus Agrippa por isso, o prédio, também, chamado de Panteão de Agripa, em 27 a.C., durante a República Romana. Com seus mais de 2 mil anos de existência, o Panteão deixou de ser um lugar sagrado politeísta, desde o século VII, para abrigar uma igreja católica. Anos após sua inauguração, o Panteão sofreu um grande incêndio, em 80 d.C., sendo reconstruído no ano de 125, durante o reinado do imperador Adriano. Hoje, o Panteão é visitado por mais de três milhões de turistas todos os anos e você não pode deixar de conhecer este lugar único no mundo. Além de ser lindo e super bem preservado, o Panteão de Roma é famoso pela sua gigantesca cúpula que permite a entrada de luz natural. E, realmente, a construção é extremamente rica em detalhes. É no Panteão que estão sepultados ilustres personagens que fizeram parte da história como os pintores Raffael e Annibale Caracci, os reis da Itália Vittorio Emanuele II e Umberto I e a rainha Margherita.

5 pontos turísticos gratuitos em Roma - panteão

Piazza San Pietro e Basílica San Pietro em Roma

No Vaticano, também, tem ponto turístico que não precisa pagar nadinha para conhecer que é o caso da Piazza San Pietro e da gigantesca Basilica San Pietro (ou São Pedro em português). A entrada na praça e na Basílica de São Pedro é gratuita todos os dias da semana, mas a gratuidade tem um preço: fila. E não ache que é somente chegar e entrar, é preciso passar por um detector de metais para ingressar na Praça São Pedro e a dica é não levar bolsa ou mochila para não precisar ter de tirar tudo pra mostrar para os guardas. Para chegar até o Vaticano, pegue a linha A do metrô e desça na estação Ottaviano- San Pietro. Preste atenção na beleza das 142 colunas dóricas de cada lado da Basílica que são de impressionar. Junto as colunas estão posicionadas 140 estátuas de mártires, papas, fundadores de ordens religiosas e santos que parecem guardiões no topo protegendo a Piazza San Pietro. Outra dica, não é permitida a entrada com ombros e joelhos de fora (homens e mulheres) e decotes. No interior da Basílica de São Pedro estão algumas obras de arte dos séculos XI, XVII, XII e muito, mas muito ouro. Um dos pontos altos da visita é a estátua Pietà, esculpida em mármore por Michelangelo Buonarroti. A basílica de São Pedro está aberta de segunda a domingo, das 07h até o por do sol, que varia de acordo com a época do ano. 


5 pontos turísticos gratuitos em Roma - basílica são pedro no vaticano


Fontana Di Trevi em Roma

A última dica de ponto turístico famoso e gratuito é a Fontana di Trevi. Com seus 26 metros de altura e beleza, a fonte é um dos símbolos de Roma. Quem nunca viu a famosa cena do filme La Dolce Vita de Federico Fellini, no qual a atriz Anita Ekberg entra na água e convida Marcello Mastroianni a fazer o mesmo. Mas a fonte não é só conhecida por estar imortalizada no cinema, ela, também, é considerada a mais bela fonte do mundo. Esculpida no estilo barroco italiano e repleta de esculturas lendárias, a Fontana de Trevi está localizada na freguesia de Trevi, no Bairro do Quirinal, bem no centro histórico de Roma apenas duas quadras da Via de Corso - uma das principais ruas de compras na cidade. Preste atenção nos detalhes da fonte com destaque para magnífica estátua do deus Netuno sobre um carro em forma de concha puxado por dois cavalos-marinhos, incrível para ótimas fotografias. A Fontana de Trevi virou uma tradição pelos turistas que se aglomeram para fazer o tradicional ritual de jogar uma moeda na água que, conforme a lenda, faz com que o visitante o retorne à cidade. A dica é ir cedo a manhã ou bem tarde pela noite quando há menos pessoas e não se preocupe, Roma é uma cidade segura, não há problema de andar a noite pelas ruas da cidade, principalmente por esta atração. A Fontana de Trevi passou por uma grande restauração que não era feita nestes padrões há mais de 300 anos. Então, se você for a Roma irá se deparar um com fonte ainda mais bela. A data de término da restauração é o segundo semestre de 2015. 


5 pontos turísticos gratuitos em Roma - fontana di trevi

Como economizar muito na Itália


Não deixe de ver a matéria de como economizar muito na Itália com dicas incríveis para você economizar muito em sua viagem. São dicas excelentes para economizar em todo o planejamento de sua viagem, nas reservas que precisa fazer e quando estiver lá na Itália. 

Ingressos de atrações e passeios de Roma mais baratos

Uma dica para economizar com a compra dos passeios e ingressos de Roma e da Itália é comprar os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos. Um site legal que nós sempre utilizamos é esse Site de Ingressos da Europa que vende ingressos para os principais pontos turísticos e passeios de Roma, Florença, Veneza, Milão e de toda a Europa. Eles são um dos maiores vendedores de ingressos de passeios e pontos turísticos de todas as cidades do mundo, o site está em português e o bom é que você compra todos os seus ingressos da viagem em um único lugar, ao invés de ficar comprando no site de cada atração. É muito mais prático, você tem um atendimento excelente para resolver qualquer problema ou dúvida que tiver e os preços são ótimos e muitas vezes mais barato do que no próprio site da atração. Facilitou bastante nossas viagens e ajudou a economizar um bom tempo comprando, nas filas e a economizar dinheiro. Se prepare, pois as opções de passeios são enormes e dá vontade de fazer todos. Depois de comprar, você recebe por e-mail o voucher e todas as informações, tudo bem detalhado. Os passeios de Roma que mais indicamos e são imperdíveis são o Coliseu de Roma, Fórum Romano e Palatino (o ingresso do Coliseu já dá direito a entrar nos outros dois), a Basílica de São Pedro que é o Vaticano, o Museu do Vaticano, o ônibus turístico Hop on Hop que é ótimo para conhecer a cidade e ficar se deslocando por lá, e o Castelo de Santo Ângelo, que são os principais pontos turísticos da cidade e você pegaria filas enormes se deixasse para comprar lá na hora, mas tem vários outros passeios e atrações legais para cada tipo de gosto.

Veja outras matérias imperdíveis para quem vai viajar à Roma e à Itália:
O que fazer em RomaPrincipais atrações, passeios e lugares da cidade.
Onde ficar em Roma: Melhores regiões para se hospedar em Roma.
O Clima na Itália: Com é o clima e o tempo na Itália.

Postar um comentário

 
Top