Italia, Roma, Veneza, Vaticano, O que fazer, Florença, Toscana

 


Onde e como alugar um carro bom e barato na Itália



Saiba tudo o que você precisa sobre o aluguel de carro na Itália e Toscana, com ótimas dicas para conseguir o melhor carro pelo menor preço. Quais são as melhores empresas, regras, documentação e como economizar muito. Alugar um carro na Itália se tornou muito comum entre os brasileiros, para poder conhecer as cidades da Itália, fazer o roteiro pela Toscana, partir de Roma para outras cidades, explorar a Costa Amalfitana e por ai vai. Vamos dar aqui dicas para você saber tudo sobre como e onde alugar um bom carro na Itália e pelo melhor preço com comparadores de preços incríveis.


Aluguel de carro na Itália

Por que alugar um carro na Itália?

Diferente de outros países, a Itália possui uma quantidade enorme de cidades turísticas e existem vários roteiros famosos de carro que são incríveis. As estradas são linda, as cidades pequenas são encantadoras, as vinícolas fazem a paisagem ser incrível e para quem não sabe a Itália tem praias paradisíacas que são consideradas as mais bonitas da Europa. São várias as possibilidades, como fazer o roteiro pela Toscana, partir de Roma para outras cidades como Milão e Veneza, explorar a Costa Amalfitana e por ai vai. A Itália é enorme, possui cidades muito bonitas e suas auto-estradas são excelentes para viajar, sem falar que você vai aproveitar muito a paisagem nas viagens que é realmente impressionante. Veja o mapa bem simplificado da Itália com as principais cidades, para entender onde fica cada uma.

Roteiros de carro na Itália

Como economizar muito e melhores locadoras de carro

A principal dica para economizar muito e conseguir alugar um carro na Itália por um ótimo preço é pesquisar bem em todas as locadoras de carro, pois na Europa existem várias grandes empresas que são enormes, de confiança e tem lojas espalhadas por todos os países e cidades. Você pode alugar um carro em Milão ou Roma e devolver em Pisa ou Florença, ou Paris, por exemplo. As principais e mais confiáveis empresas de aluguel de carro na Europa são a Europcar, Alamo, Enterprise, Sixt, Goldcar, Avis e Hertz, e todas possuem lojas nos aeroportos de todas as cidades. Você já pode retirar o carro quando chegar no aeroporto de Roma ou Milão e já economiza com o táxi que vai precisar pegar para ir até o hotel. 


Aluguel de carro na Itália e Toscana

Incríveis comparadores de aluguel de carro na Itália

Existem alguns comparadores de preços de carros que são excelentes e fazem todo esse trabalho de pesquisa por você, achando preços realmente incríveis. Em poucos segundos você vai ter na sua tela todas as opções de aluguel de carro na Itália nas melhores empresas e é só escolher a mais barata. Se quiser fazer a pesquisa, clique aqui em Comparador de aluguel de carros. Por ser o maior comparador do mundo, ele tem parcerias fortíssimas com as locadoras de carro e por isso conseguem preços imbatíveis. Além disso eles parcelam em até 12 vezes sem juros e por ser uma empresa brasileira você não paga o IOF de 6%, pois o pagamento é feito em reais. Você realmente vai economizar muito.

Como economizar na Itália - Aluguel de carro

Outra opção boa no mercado é esse outro Comparador de preços de aluguel de carros que é bem parecido com o anterior, mas tem muito mais empresas na sua busca e geralmente ele encontra preços ótimos e mais baratos do que o outro. A única diferença é que o sistema dele é internacional, então não é possível parcelar o valor, mas muitas empresas oferecem a opção de pagar somente lá na hora, o que é ótimo. Vale a pena conferir também, pois eles tem promoções bem agressivas. A dica para economizar ainda mais é utilizar os dois comparadores e ver qual encontra o melhor preço. E em quanto mais pessoas tiver, mais vai economizar, pois tudo será dividido por todos, inclusive estacionamento e gasolina. 

Documentos para alugar um carro na Itália

Quando você chegar na locadora de veículos na Itália, teoricamente precisará estar com a PID (Permissão Internacional para Dirigir) e o seu passaporte. As locadoras de veículos na Itália já estão super acostumadas com os brasileiros que alugam cada vez mais carros por lá, então o processo está cada vez mais simples. A Permissão Internacional para Dirigir, famosa PID, não é necessária para dirigir na Europa, exceto em três países: Áustria, Grécia e Itália. Para solicitar a sua é super simples e é só ir no Detran mais próximo fazer a solicitação, ou solicitar pela própria Internet no site do Detran da sua cidade e eles entregam em poucos dias na sua casa, super fácil e rápido. É nada mais que uma versão internacional da sua habilitação. A PID é exigida na teoria, mas na prática tem muitos brasileiros que já alugaram um carro na Itália somente com a CNH Brasileira, sem problemas. Nós já alugamos em Florença e em Milão, e só pediram nossa habilitação brasileira. Uma dica é não tirar antes e depois que fizer a reserva do carro pela Internet, enviar um e-mail para a locadora perguntando se é necessário ou não. Se for, é super fácil e rápido. 

Dica do GPS no aluguel do carro na Europa

Outra dica muito boa para economizar mais ainda é em relação ao GPS. Ao alugar um carro na Europa, as locadoras de automóveis oferecem a opção do carro vir com um GPS, e isso custa em média 10 euros por dia. Se você for alugar um carro por 13 dias, já são 130 euros. Com apenas 25 dólares, você pode comprar um chip pré pago internacional que oferece internet de alta velocidade para você usar seu celular à vontade na Europa. Com a Internet funcionando, você pode usar o GPS do seu celular que funciona super bem lá e usar a internet do celular 24 horas para usar as redes sociais para postar as fotos, falar com os amigos e a família no Brasil e ainda buscar informações da viagem, que ajuda muito. Você vai economizar uns 100 euros e ainda poder usar seu celular à vontade. Se quiser, veja nossa matéria de como usar o celular a vontade na Europa que explica tudo sobre como contratar o chip, os planos, dicas para economizar e como funciona. Eles entregam o chip na sua casa aqui no Brasil e o serviço é excelente, nós adoramos e usamos todas as vezes.


Usando o celular como GPS

Dicas gerais do aluguel de carro na Itália

Alugar um carro na Itália é mais barato do que em vários outros destinos da Europa e além de pagar menos na reserva, os estacionamentos da cidade e o combustível são muito baratos. Uma dica é que normalmente o preço do aluguel do carro para mais de sete dias é muito mais barato do que para quatro, ou cinco, então pesquise bem e veja se não vale a pena já pegar um período maior, porque eles fazem preços promocionais acima de sete dias.  As rodovias, ruas e avenidas da Itália em geral são excelentes e representam bem o primeiro mundo que é a Europa. Nos centros das cidades grandes, o trânsito é um pouco mais bagunçado, mas nada muito diferente do Brasil. Agora vamos dar as dicas de como alugar um bom carro na Itália, seja em Roma, Milão, Florença, Siena, Toscana ou qualquer outro lugar conseguindo o melhor preço.


Roteiro de carro pela Toscana

O roteiro mais feito pelos brasileiros que vão à Itália tem sido pela Toscana, onde ficam cidades super charmosas e pequenas. São várias as opções de roteiros e cada uma faz de um jeito. As cidades mais visitadas são Florença, Siena, Pisa e Lucca. Muitas pessoas alugam o carro em Milão, Roma ou Veneza e vão descendo para lá. 


Roteiro de carro pelo norte da Itália

Outro roteiro muito feito por turistas que alugam carro é o do norte da Itália, pois é lá que estão Milão e Veneza, duas das principais cidades turísticas. Dá para descer para a Toscana, parar em Bolonha que é lindo, ou parar só em Florença e depois seguir para Roma, se tiver poucos dias. 

Roteiro de carro alugado pela Itália no Norte

Roteiro pela Costa Amalfitana

A Costa Amalfitana é um lugar lindo na Itália. São várias cidades que ficam no litoral, um pouco abaixo de Roma. As cidades mais bonitas e famosas são Positano, Ravello, Amalfi, Positano e Capri, que é uma ilha que fica bem próxima de lá. Além dessas cidades tem também outras como Vietri sul Mare, Cetara, Tramonti, Maiori, Minori, Scala, Atrani, Conca dei Marini, Furore e Praiano, que são menos visitadas. Uma das viagens mais bonitas do mundo. 

Roteiro pela Costa Amalfitana de carro na Itália

Mais dicas

Outra dica para conseguir alugar um carro barato na Itália é tentar sempre dividir o valor do carro com outras pessoas, pois se estiver viajando com amigos, por exemplo, o valor do aluguel vai ficando ainda mais barato dividindo o valor por todos e dividindo a gasolina e estacionamentos. Se você tem condições, nós recomendamos alugar um carro pela Itália, pois é uma viagem incrível. É uma experiência única e as estradas são lindas. Não esqueça de usar o comparador, pois ele realmente ajuda a economizar muito dinheiro na viagem. E não esqueça de alugar com o GPS, para quando retirar o carro já saber exatamente para onde ir e não se perder por lá. Alugar um carro por lá é tão fácil quanto alugar um carro em Miami, que é uma das cidades mais fáceis de dirigir no mundo.

Veja outras matérias imperdíveis para quem vai viajar à Itália:
Como economizar muito na Itália: Dicas incríveis para economizar na Itália.
Seguro obrigatório para Europa: Como fazer o melhor seguro e pelo menor preço.
O Clima na Itália: Com é o clima e o tempo na Itália.

Postar um comentário

  1. Oi Gabriel, sempre acompanho seu blog e adoro as dicas.. Deixa te fazer uma pergunta.. Vou pegar um carro em roma e subir até veneza, parando na fabrica da lamborghini.. Vou chegar em Veneza tarde, umas 10 da noite eu acho.. Como ir do aeroporto de veneza até a cidade? Tem transporte disponível nesse horário? Eu vi que é bem limitado à partir de certa hora..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Eduardo, quando fomos para Veneza chegamos lá umas 20h e do aeroporto pegamos um vaporetto (barco táxi) direto para o nosso hotel. Esse serviço funciona sim nesse horário, porque na parte turística de Veneza não transitam carros. O transporte é todo feito por barcos. A melhor coisa é você mandar um email para o seu hotel porque eles já estão acostumados e vão te dizer qual linha de vaporetto você tem que pegar e em qual estação tem que descer. Abs!

      Excluir
  2. Olá Gabriel! Suas dicas são ótimas!! Mas eu estou com a intenção de pegar um carro em Roma e passar pela Toscana até Florença. Pelo meu roteiro é tempo disponível, eu posso passar 1 noite na Toscana e depois tenho que ir para Florença. Queria muito ficar em algum hotel bem no campo, com aquele visual da Toscana. Algum que você indique? E quais cidades nesse roteiro da Toscana eu tenho que visitar? Alguma dica?
    Aguardo sua resposta! Obrigada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelle! Pesquisa algum hotel em Siena, que é antes de chegar em Florença, e tem hotéis muito legais nesse estilo de fazenda, com degustação de vinhos e são lindos, sem falar que são super em conta. Ai depois você sobre para Florença e de lá consegue fazer bate e volta para outras cidades legais da Toscana como Pisa e Lucca se quiser conhecer um pouco mais, além de Florença. Uns 2 dias em Florença já são o suficiente para conhecer a cidade.

      Excluir
    2. Gabriel, obrigada pela resposta.
      Pesquisando sobre toda a Toscana, cheguei no seguinte roteiro:
      Roma- lá foce- montepulciano- monticchiello- pienza- montalcino- via chiantigiana( conhecer a área de Chianti) - siena- volteara- san gimignano- florenca.

      Você acha que eu deva dormir em 2 lugares distintos? Ou consigo sair de Roma, dormir em montalcino e no dia seguinte à noite chegar a FLorença?
      Ou pode ficar corrido e seja melhor dormir em algum lugar antes de ir pra Florença?
      Espero que você possa me ajudar. Obrigada!

      Excluir
    3. Olá! Como tem bastante cidade, é legal parar em mais um lugar pra não ficar tão corrido. Essa região é bem legal e essas cidades pequenas da Toscana valem a pena. Dorme mais um dia pela região que vai ser bem melhor, tem muita coisa legal para fazer e conhecer.

      Excluir
  3. Gabriel, vou passar seis dias na Itália, chegando e voltando por Milão, e gostaria de contar com a sua experiência pra otimizar o tempo e a viagem.
    Pensei em ir direto de trem pra Veneza, passar dois dias lá, e depois pegar carro e ir pra Florença, e rodar por lá os outros três dias, devolver o carro, ir de trem pra Milão pra voltar. O que achas? O que sugeres?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Joel! Vamos fazer um roteiro parecido agora em Setembro, e o seu parece ótimo. A única diferença é que vamos devolver o carro em Milão. Vamos ficar com o carro em Florença para ir até Pisa e Lucca que estão perto e depois subimos até Milão para ficar um dia e pegar o voo de volta. Veja o custo de ir de carro para Milão x ir de Trem. Mas o roteiro está ótimo. Em Veneza, não deixe de fazer o passeio de gôndola.

      Excluir
  4. Gabriel bom dia, estou começando a montar meu roteiro para ir em 2017 com a minha familia e um filho de 11 anos. Pretendo ficar 10 dias, quais cidades vc me recomenda tanto o norte como o sul da Itália. Obrigado pelas dicas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia! Como será a primeira vez, recomendo focar em Roma, que exige uns 5 dias para conhecer bem (1 dia já vai para o Vaticano) e Veneza, que em uns 2 dias você conhece super bem. São os lugares que mais impressionam os turistas e que vale a pena conhecer. Os outros dias, muitas pessoas dividem a opinião. Alguns gostam de Milão, mas eu aconselharia ir para Florença, conhecer a Toscana. Ficando 3 ou 4 dias lá, você conhece Florença e em apenas 1 hora consegue ir para Pisa e Lucca, que também fazem parte da Toscana e são cidades lindas. Mais que isso ficaria muitas cidades e vocês perderiam muito tempo se deslocando e fazendo check in nos hotéis. :)

      Excluir
  5. Boa tarde Gabriel.
    Vou passar 11 dias na Itália, desembarco em Milão e embarco em Roma.
    Vou alugar um carro e fazer a rota descendo pela Toscana.
    A dúvida é se devo devolver o carro logo que chegar a Roma ou se devolvo no aeroporto, quando for embarcar.
    Tenho problemas de locomoção e uso cadeira de rodas para percursos maiores, por isso penso em usar o carro nos quatro dias que ficarei em Roma, mas me disseram que carro em Roma mais atrapalha do que ajuda.
    Podes me ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernando, é uma dúvida muito comum. Pelo que já vimos em Roma, realmente não vale a pena se você for ficar bem no centro histórico. Você vai sofrer muito procurando lugar para parar o carro e o transito lá é complicado. E no centro histórico as coisas são bem perto uma das outras. Você poderia devolver o carro quando chegar em Roma e lá fazer tudo que conseguir a pé e o que for mais afastado como o Vaticano, por exemplo, pegar um táxi. É o único passeio mais "longe" por lá. Abs!

      Excluir
  6. Olá Gabriel! Irei para Milão com mais 3 pessoas, iremos alugar um carro e queremos ir para Lugano, há alguma taxa para pagar por atravessar a fronteira? Vimos alguma nota dizendo que tem uma taxa para Suíça. É tranquilo ir de carro para lá?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, desculpa a demora! Você vai pagar uma taxa na hora que fizer a reserva do carro. Lá eles perguntam se você vai atravessar a fronteira. Não cheguei a fazer essa travessia de fronteira, mas elas costumam não ser caras não, ainda mais que estarão em 4 pessoas, ai é só dividir.

      Excluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Gabriel , fiz reservas de aluguel de carro na rentalcars, escolhi a ecovia e a maggiore . Todas as duas empresas pedem um deposito caução por volta de 1500 euros . Teria outra opção? dá pra fazer um seguro total? o que voce aconselha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, que estranho, esse depósito está muito alto. Geralmente é um valor de 500 euros. Quando alugamos lá foi na Europcar e na Hertz, e foi de 500 euros.

      Excluir
  9. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  10. Olá Gabriel! Tudo bem a locadora Goldcar é confiável? a diferença de preço está bem grande comparada com a Álamo e as demais mais conhecidas
    Francisco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Francisco, é boa sim. Alugamos com eles esse ano na Espanha, pois realmente estava mais barato que as outras. Foi tudo ok, igual às outras.

      Excluir
    2. Outra duvida devo contratar a proteção total ou não é necessário, porque nem e nem a basica fala sobre seguro contra terceiros.
      Grato Francisco

      Excluir
  11. Olá Gabriel tudo bem,
    Muito interessante o seu blog e também vou viajar para Itália vou passar la o natal na casa de uma amiga que mora em Turim mas antes de ir para a casa dela pretendo ir a roma e Veneza e Florença, vivo em portugal e tenho dúvidas se devo pegar o vôo para Milão e depois ir de transporte para os outros lugares ou pegar o vôo para Veneza e conhecer os outros sítios de transporte? Regresso de turim. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, na verdade tem várias opções de trajetos. Como em Veneza não compensa alugar o carro, o ideal seria pegar um voo para Veneza e quando for sair de Veneza, ai alugar um carro e ir para Milão que é lá do lado. Ai depois de Milão desce para Roma e depois vai para Turim. É uma viagem bem bonita de carro, mas dá para fazer de trem também se preferir.

      Excluir
  12. André Mello Vianna8 de outubro de 2016 00:42

    Ola Gabriel. Parabéns pelo site e pelas dicas, são excelentes. Gostaria de uma dica de roteiro. Estou viajando com minha namorada, chegarei em Veneza na sexta-feira dia 18/11/2016 às 17h e como já conheço Veneza pensei em alugar um carro no aeroporto e fazer um roteiro de 2 dias, pois tenho que voltar a Veneza no Domingo, dia 20/11/2016 até às 23h. Você tem alguma dica de passeio? Pensei em Bologna, Firenze, Pisa/Lucca. O que você acha? Você tem alguma dica/recomendação? Em quais cidades devo me hospedar? Muito obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá André, é bem corrido, mas eu faria exatamente o que falou. Bologna passa só para fazer uma parada e conhecer rápido e ai vai direto para Firenze. O ideal é se hospedar lá os 2 dias mesmo. É uma cidade linda que tem muita coisa para conhecer. De lá, em um dia você acorda cedo e pega o carro para Pisa (que é 1h30 só acho), passa a manhã e almoça lá e depois vai para Lucca que é bem perto. Ai de noite volta para Firenze que é bem legal para jantar e aproveitar o final do dia. Com 2 dias é o que eu faria, essas cidades são as que mais gostamos de lá. :)

      Excluir
  13. olá, Gabriel! Estou com dúvida em relação a quantos dias reservar para conhecer a região da Toscana. Pensei em ficar 3 noites (usando Siena como base) e mais 1 noite em Florença. O que você acha? é suficiente? Ou devo ficar mais tempo em Florença? Depois desse período irei para Bolonha (2 noites) e Veneza (3 noites). O que lhe parece?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Caroline, essa divisão de dias é a parte mais difícil da viagem mesmo, são muitas opções. Nós dividimos metade em Florença e metade em Siena. Tenta pegar 2 dias em cada, porque 1 dia de Florença é legal usar para ir para Pisa e Lucca, que estão pertinho de lá.

      Excluir
  14. oi gabriel, vou à Toscana em janeiro, e de lá gostaria de conhecer Roma e quem sabe Veneza, você sugere fazer estas longas distancias de carro, ou por ser inverno, melhor trem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariana, se já vai alugar o carro para a Toscana, compensa ir para Roma de carro sim. Não é longe, a viagem é linda e é mais fácil que o trem.

      Excluir
  15. Olá!!!muito bom seus roteiros, iremos em maio de 2017, pela primeira vez!Muitas coisa linda para ver e não muito tempo. rsss. Temos um cruzeiro que ira sair de veneza de 20 a 27/05, teremos disponível de 10 a 19, o que nos sugere? Pretendemos ir por Veneza?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Seria legal uns 3 dias em Milão que já está lá em cima do lado de Veneza. Roma é passagem obrigatória, a cidade mais incrível da Itália. Uns 4 dias lá é o ideal. E ai pega os outros dias para ficar em alguma cidade da Toscana como Florença. :)

      Excluir

 
Top